Efeito da Terapia Manual em Pacientes com Lombalgia: Uma Revisão Integrativa

Dayana Sales Pereira, Virgílio Santana Junior

Resumo


A terapia manual em pacientes com lombalgia é uma técnica muito aplicada para melhorar a flexibilidade lombar de pessoas com e sem dor nesta região. Ela é caracterizada como um dos problemas de saúde mais frequentes na população geral. Metodologia: Trata-se de uma revisão integrativa da literatura científica sobre o efeito da terapia manual em pacientes com lombalgia. As pesquisas foram realizadas a partir das bases de dados SciELO, LILACS e PEDro, no período de março a maio de 2018. Foram selecionados cinco artigos publicados entre 2005 e 2017 que tratavam da temática. Objetivo: Esse estudo teve como objetivo compilar informação a respeito do efeito da terapia manual em pacientes com lombalgia. Resultados: O trabalho proporcionou incrementar o conhecimento a respeito do tratamento da lombalgia, demonstrando que a técnica é de grande relevância e tem eficácia comprovada na diminuição da dor e, consequentemente, na evolução da capacidade funcional dos pacientes. Conclusão: O presente trabalho demostrou que a técnica de terapia manual é efetiva no tratamento de pessoas com diagnóstico de lombalgia, aumentando a capacidade funcional das mesmas.

 

 


Palavras-chave


lombalgia, terapia manual, fisioterapia

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, G. G; Comparação do efeito da Facilitação Neuromuscular Proprioceptiva e da Estabilização Segmentar Vertebral na dor lombar e nas dimensões dos músculos multífidos e transverso do abdome em pacientes com hérnia de disco. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Pernambuco, 2016.

ALFIERI, F. M. et. al.; Comparação da flexibilidade, intensidade da dor e funcionalidade de portadores de hérnia discal submetidos à hidrocinesioterapia versus cinesioterapia clássica. Life Style Journal, p. 45-53, 1º semestre, São Paulo 2015.

BIAUCHL, A. B. et. al. Estudo comparativo entre os métodos Pilates no solo e Water Pilates na qualidade de vida e dor de pacientes com lombalgia. Revista do Departamento de Educação Física e Saúde e do Mestrado em Promoção da Saúde da Universidade de Santa Cruz do Sul / Unisc, v. 17, n. 4, Outubro/Dezembro 2016

BOSEHI,S.E; LIMA,C.D. Efeitos da manipulação torácica na dor e amplitude de movimento da coluna cervical. Revista de Iniciação Cientifica do Unilasalle, v.1.n.1, p.78-91,maio 2012.

KOBILL, A. F. M. Influência da Estabilização Segmentar core na dor e funcionalidade da coluna lombar. Fisioterapia Brasil, v. 18, n. 2, p. 148-153, 2017.

LOVADO, S..et,al.Protocolo de Tratamento para Hérnia de Disco Cervical: Estudo de Caso. Revista Eletrônica Saúde: Pesquisa e Reflexões. V.1,n1,p01-21,2011.

MONNERAT, E. et. al. Efeito da Mobilização Neural na melhora da dor e incapacidade funcional da hérnia de disco lombar subaguda. Fisioterapia Brasil, v. 13, n.1, janeiro/fevereiro de 2012.

MENDONÇA, E. M. T.; ANDRADE, T.M. Método Mckenzie como protocolo de tratamento em hérnia de disco lombar. Revista Interdisciplinar, v. 9, n. 3, p. 130-137, jul. ago. set. 2016.

SAMPAIO R. F.; MANCINI, M. C. Estudos de revisão sistemática: um guia para síntese criteriosa da evidência científica. Departamento de Fisioterapia e de Terapia Ocupacional, Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG – Brasil. Rev. Bras. Fisioter. São Carlos, v. 11, n.1, p. 83-89, jan. / fev. 2007.

SOUZA.et,al. Protocolo de terapia manual no tratamento para Hérnia de Disco: Estudo de Caso. Revista Eletrônica Saúde: Pesquisa e Reflexões. V.1,n1,p01-21,2011.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i41.1196

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: