A Contribuição dos Recursos de Coesão para o Leitor Durante o Processo de Construção da Representação Textual

Antonia Barros Gibson Simões, Henrique Miguel de Lima, Silva Danielli Cristina de Lima Silva, Rita de Cássia Freire de Melo Vasconcelos

Resumo


Partindo do pressuposto de que, a partir de fragmentos do texto, o usuário da língua aplica estratégias para compreendê-lo (DIJK  e KINTSCH, 1983), notamos que os conectivos podem influenciar na construção representacional do texto. A representação textual, construída durante a leitura (processamento) do texto, precisa ser coerente, neste sentido, os conectivos,  existindo em função coerência textual,  manifestam, explicitamente, como o leitor deverá relacionar os conteúdos dispostos em um texto, por isso devem ser relevantes para o leitor durante o processo de estabelecimento da coerência textual. A fim de refletirmos sobre a contribuição dos recursos de coesão durante a compreensão do texto, propomos, no presente trabalho,  um diálogo entre os textos Strategies of Discourse Comprehension (DIJK  e KINTSCH,1983) e The Semantics and Pragmatics of Functional Coherence in Discourse. (DIJK, 1980)- no que concerne à necessidade de construção representacional do texto- e a pesquisa psicolinguística sobre processamento textual, mais especificamente o processamento de conectivos, proposta e reportada por Sanders e Noordman e Vonk (1996). Por meio dos resultados encontrados pelos autores (NOORDMAN  e VONK, 1996) percebemos contribuições- significativas estatisticamente- dos recursos de coesão, do tipo conectivos, durante o processamento  textual que atestariam a relevância destes itens linguísticos na construção da representação mental do texto.


Palavras-chave


leitura, representação textual, processamento textual, recursos de coesão

Texto completo:

PDF

Referências


DIJK, Teun A. Van. The Semantics and Pragmatics of Functional Coherence in Discourse. Disponível em:http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.651.5552&rep=rep1&type=pdf Acesso em:03/08/2017.

DIJK, Teun A. van; KINTSCH, Walter. Strategies of Discourse Comprehension. Disponível em:http://citeseerx.ist.psu.edu/viewdoc/download?doi=10.1.1.473.5491&rep=rep1&type=pdf Acesso em:18/12/2017.

GATTI, Bernadete A. Formação de professores no Brasil: características e problemas. Disponivel em: http://www.scielo.br/pdf/es/v31n113/16.pdf Acesso em:13/04/018.

NOORDMAN, L.G.M.; VONK, W. The different functions of a conjunction in constructing a representation of all discourse. In Costermans & Fayol (Eds.), Processing interclausal Relationships: Studies in the Production and comprehension of text. (chapter 4). Psychology Press. New York, 1997.

MARCUSCHI, L. A. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola Editorial, 2008.

SANDERS, Ted J. M.; NOORDMAN, Leo G.M. The role of coherence relations and their linguistic markers in text processing. Discourse Processes, v. 29, 2000.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i40.1193

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line é indexada nas seguintes bases de dados: