O Impacto das Cores em Crianças na Aquisição de Produtos via E-Commerce

Bruna Martins Angelim, Alyne Leite de Oliveira, Tulio Vidal Rolim, Hudson Josino Viana, Maria Patrícia de Alencar

Resumo


Por meio dos efeitos das noções sobre cores como um fator de influência no momento de uma compra, esse desígnio pode ser uma fonte estratégica para os produtores, onde, mediante a era do consumismo em que se captam aspectos emocionais compulsivos, se trabalhados junto da psique, podem obter impactos favoráveis para serem usados como plano de mercado. Nessa conjuntura, o público infantil que nasce inserido na atual era do e-commerce possui um poder de indução sobre seus pais, no intuito de convencer estes a comprarem pela internet. O objetivo principal do trabalho consiste em investigar a influência do marketing da psicologia das cores no subconsciente de crianças de 8 a 12 anos que utilizam o e-commerce como forma de induzirem seus pais à compra. O processo foi realizado com 10 crianças residentes no município de Icó-CE, selecionadas através da técnica de snowball. As aplicações utilizadas para simulação de compras foram: Supermarket Boy Party Shopping para os meninos e o Shopping Mall Girl para as meninas, e para análise de dados foi usado o software Iramuteq. Como principais resultados da pesquisa obtiveram-se confirmações de que as cores impactam na influência das crianças aos pais para adquirirem produtos via e-commerce. Os jogos lúdicos aplicados detectaram a percepção das crianças voltada às cores; assim como estas foram alvos para as escolhas de determinados produtos no aplicativo e conforme o formulário aplicado, as colorações demonstraram ser critério de escolhas nas compras solicitadas aos pais.

 

 


Palavras-chave


Marketing. Psicologia das Cores. E-commerce. Público Infantil

Texto completo:

PDF

Referências


ABREU, L.; VASCONCELLOS, N. Promoção de vendas direcionada para as crianças. 2009. Universidade Federal Fluminense. Disponível em: . Acesso em: 12 out. 2017.

BARKI, E.; BOTELHO, D.; PARENTE, J. Varejo: desafios e oportunidades em mercados emergentes. Revista de Administração de Empresas, v. 53, n. 6, p. 534-538, 2013.

BATISTA, K. DA S. M..; FERMIANO, M. A. B. Publicidade e criança, uma parceria nada saudável. Revista dos Alunos de Pedagogia. Nova Odessa, SP, v. 1, n. 1, p. 46-59, 2013.

BATTISTELLA, N.; COLOMBO, J. R.; ABREU, K. C. K. A importância da cor nas embalagens como fator influenciador no momento da compra. Biblioteca online de ciências da comunicação, 2010. Disponível em: . Acesso em: 08 set. 2017.

CALAZAES, K. S. V.; FERMIANO, M. A. B. Consumismo e o papel dos pais. Revista dos Alunos de Pedagogia. Nova Odessa, SP, v. 1, n. 1, p. 7-16, 2013.

CARVALHO, H. [Infográfico] A Psicologia das Cores no Marketing e no Dia-a-Dia. set. 2013. Seção Mais Blog. Disponível em: . Acesso em: 11 out. 2017.

CERIBELI, H. B.; DE OLIVEIRA, I. R.; FELIPE I. J. DOS S. Um estudo dos determinantes da decisão dos e-consumidores de comprarem no comércio eletrônico. Revista Gestão e Tecnologia, Pedro Leopoldo. Minas Gerais, v. 15, n. 1, p. 174-199, 2015.

DOS SANTOS CLARO, J. A. C.; MENCONI, A. T. L.; LORETO, J. R. Consumo infantil: o telefone celular e a criança. RaUnP. São Paulo, v. 5, n. 1, p 21-32, 2013.

COELHO, L. DA S.; OLIVEIRA, R. C.; ALMÉRI, T. M. O crescimento do e-commercee os problemas que o acompanham: a identificação da oportunidade de melhoria em uma rede de comércio eletrônico na visão do cliente. Revista de Administração do UNISAL. Campinas, v.3, n.3, p. 63-85, 2013. Disponível em: . Acesso em: 27 out. 2017.

COGAN, F. B. Influência do ambiente do ponto de venda na compra por impulso de alimentos em supermercados. 2013. 87 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Administração, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013. Disponível em: . Acesso em: 29 out. 2017.

DO AMARAL, I.; GAMA, M. G.; DA GRAÇA GUEDES, M. Percepção infantil dos logótipos: cores e formas. In: Proceedings of World Congress on Communication and Arts. 2014. p. 125-129. Disponível em: . Acesso em: 07 set. 2017.

GIL, A. C. Como elaborar projetos de pesquisa. 5. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

GOOGLE PLAY. Super Market Boy Party Shopping. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2018.

______. Shopping Mall Girl. Disponível em: . Acesso em: 12 jan. 2018.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, E. M. Metodologia Científica. 7. ed. São Paulo: Atlas, 2017.

MARTINS, F. A psicologia das cores aplicada ao e-commerce. 2013. Disponível em:. Acesso em: 28 out. 2017.

MENDES, L. Z. R. E-commerce: origem, desenvolvimento e perspectivas. 2013. 64 f. Monografia (Graduação) – Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2013. Disponível em: . Acesso em: 28 out. 2017.

MOLINA, V. L. I. Construindo projetos de pesquisa científica e social. 1. ed. São Paulo: Biblioteca24horas, 2016.

NOGUEIRA, J. G.; DE ABREU, J. A. P.; PAIXÃO, C. H. E S.; DE OLIVEIRA, R. C. A embalagem como componente estratégico do marketing para lançamento do produto. CPMark - Caderno Profissional de Marketing – UNIMEP. São Paulo, v. 3, n. 1, p. 60-73, 2015. Disponível em: < http://www.cadernomarketingunimep.com.br/ojs/ index.php/cadprofmkt/article/view/39/45>. Acesso em: 29 out. 2017.

REDAÇÃO. Crianças arriscam-se demais na internet, aponta estudo. Revista Exame, maio. 2013. Sessão Tecnologia. Disponível em: . Acesso em: 03 out. 2017.

RIBEIRO, M. V. A cor no processo criativo de ações de comunicação interna e de endomarketing. 2014. 99 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Faculdade de Habilitação Publicidade e Propaganda, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2014. Disponível em: < http://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/110372?locale-attribute=es>. Acesso em: 04 nov. 2017.

SILVA, M. V.; FERMIANO, M. A. B. Consumo e o universo infantil. Revista dos Alunos de Pedagogia. Nova Odessa, SP, v. 1, n. 1, p. 253-262, 2013.

VENDA, A. Método Quase-Experimental. Disponível em: . Acesso em: 12 nov. 2017.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i40.1175

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: