PANORAMA DA HISTÓRIA SOCIOLINGUÍSTICA DO BRASIL

Luiz Eduardo Simões Burgos, Izabel Cristina Lima Dias Alves

Resumo


O presente artigo busca investigar a história sociolinguística do Português Brasileiro, para isso traça um panorama linguístico da língua portuguesa no Brasil a partir do descobrimento até os dias atuais, mostrando as diversas teorias sobre a constrição da língua em solo brasileiro. No estudo, também se procura observar como se processou a expansão do português popular no Brasil, bem como qual ou quais foram os agentes responsáveis por tal acontecimento, analisando, ainda, a questão da escolarização como forma de  difusão do português culto.


Palavras-chave


História Sociolinguística, Panorama, Português Brasileiro,

Texto completo:

PDF

Referências


BAXTER, Alan. e LUCCHESI, Dante. A relevância dos processos de pidginização e crioulização na formação da língua portuguesa no Brasil. Revista Estudos Linguísticos e Literários, n.19, p.65-84, mar, 1997.

BURGOS, Luiz Eduardo Simões de. A variação na concordância verbal no português popular do município de Cachoeira-BA. 2015.182f. Tese (Doutorado em Língua e Cultura) – Instituto de Letras, Universidade Federal da Bahia, Salvador.

CENSO DO IBGE (2010). Disponível em: . Acesso em 15. outubro. 2013.

CHAVES DE MELO, Gladstone. A língua do Brasil. 4. ed. Rio de Janeiro: Padrão, 1981.

ELIA, Sílvio. A unidade linguística do Brasil. Rio de Janeiro: Padrão, 1979.

FARACO, Carlos Alberto. Linguística histórica: uma introdução ao estudo da história das línguas. 2.ed. São Paulo: Parábola, 2007.

FARACO, Carlos Alberto. Norma culta brasileira: desatando alguns nós. 2.ed. São Paulo: Parábola, 2009.

HOUAISS, Antonio. O português do Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: Unibrade, 1988.

ILARI, Rodolfo e BASSO, Renato. O português da gente: a língua que estudamos, a língua que falamos. 2.ed. São Paulo: Contexto, 2009.

LUCCHESI, Dante. Variação e norma: elementos para uma caracterização sociolinguística do português do Brasil. Revista Internacional de Língua Portuguesa, n. 12, p. 17-28, 1994.

LUCCHESI, Dante. Variação, mudança e norma: a questão brasileira. In: CARDOSO, S.A.M. (Org.). Diversidade, linguística e ensino. Salvador: EDUFBA, 1996.

LUCCHESI, Dante. A constituição histórica do português brasileiro como um processo bipolarizado: tendências atuais de mudança nas normas culta e popular. In: GROE, S.; ZIMMERMANN, K. (Eds.) “Substandard” e mudança no português do Brasil. Frankfurt am Main: TFM. 1998a.

LUCCHESI, Dante. Sistema, mudança e linguagem: um percurso da linguística neste século. Lisboa: Colibri, 1998b.

LUCCHESI, Dante. A variação na concordância de gênero em dialetos despidginizantes e descrioulizantes do português do Brasil. In: ZIMMERMANN, K. (Ed.). Lenguas criollas de base lexical española y portuguesa. Madrid: Ibero- Americana, 1999.

LUCCHESI, Dante. A variação na concordância de gênero em uma comunidade de fala afro-brasileira: novos elementos sobre a formação do português do Brasil. 2000. 364 f. Tese (Doutorado em Linguística) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

LUCCHESI, Dante. As duas grandes vertentes da história sociolinguística do Brasil (1500-2000) (The two great trends of Brazilian Sociolinguistic history (1500-2000). Revista D. E. L. T. A., n. 17, p. 97-130, jan. 2001.

LUCCHESI, Dante. Norma linguística e realidade social. IN: BAGNO, Marcos. (org.) Linguística da norma. São Paulo: Loyola, 2002.

LUCCHESI, Dante. Parâmetros sociolingüísticos do português brasileiro. Revista da ABRALIN, v.5, n.1 e 2, p.83-112, 2006.

LUCCHESI, Dante e BAXTER, Alan. A transmissão linguística Irregular. In: LUCCHESI, Dante.: BAXTER, Alan.: RIBEIRO, Ilza. (orgs.) O português afro-brasileiro. Salvador: EDUFBA, 2009.

LUCCHESI, Dante. A diferenciação da língua portuguesa no Brasil e o contato entre línguas. In: Estudos de Lingüística Galega, Santiago de Compostela, n. 4, julho de 2012, p. 45-65. Disponível em: http://ilg.usc.es/elg/volume/4/#PESCUDA.

MATTOS E SILVA, Rosa Virgínia. Ensaios para uma sócio-história do português brasileiro. São Paulo: Parábola, 2004a.

MATTOS E SILVA, Rosa Virgínia. “O português são dois...” novas fronteiras, velhos problemas. São Paulo: Parábola, 2004b.

MENDONÇA, Renato. A influência africana no português do Brasil. Rio de Janeiro: Sauer, 1933.

PESSOA DE CASTRO, Yeda. Falares africanos na Bahia: um vocabulário afro-brasileiro. Rio de Janeiro: Academia Brasileira de Letras/Topbooks, 2001.

RAIMUNDO, Jacques. O elemento afro-negro na língua portuguesa. Rio de Janeiro: Renascença, 1933

RODRIGUES, Aryon Dall’Igna. Língua brasileiras: para o conhecimento das línguas indígenas.São Paulo: Loyola, 1986.

RODRIGUES, Aryon Dall’Igna. Breve história da língua dos índios vistos por Cabral. Revista Universa. Brasília, v. 8, nº 3, p. 541-55, 2000.

SILVA NETO, Serafim. Introdução ao estudo da língua portuguesa no Brasil. 2. ed. Rio de Janeiro: INL, 1963 [1951].

TEYSSIER, Paul. História da língua portuguesa. Trad. Celso Cunha. São Paulo: Martins Fontes, 1997.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i40.1119

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: