Redes Sociais e Mercado Fotográfico do Vale do São Francisco

Silvio Stanislaw Alves de Oliveira, Hesler Piedade Caffé Filho

Resumo


Com o crescimento do mercado de fotografia no Vale do São Francisco, surgiu a necessidade de desenvolver essa pesquisa procurando mostrar a forma com que os consumidores de serviços fotográficos da região se comportam. Com embasamento teórico em marketing e fotografia, tornou-se possível transformar esse trabalho em um manual de relacionamento com os clientes, os conhecendo através dos perfis analisados. Assim foi possível descrever como os clientes se envolvem virtualmente com as publicações e anúncios de fotógrafos nas redes, de acordo com sua posição e classe social. A criação de persona auxilia na produção do planejamento de marketing nas redes sociais dos fotógrafos, conhecendo-as detalhadamente a forma com que consome dentro e fora das redes, ajuda-nos a entender e buscar alternativas objetivas de atingir o público alvo de maneira eficaz. O método da pesquisa trabalha de forma objetiva trazendo uma pesquisa de caráter quantitativo, exploratória e descritiva, utilizando-se de plataformas virtuais, facilitando a interpretação dos dados da amostra proposta. Através da criação de um planejamento e análise de fluxo de acessos nas redes, este trabalho busca otimizar e potencializar o envolvimento das personas com os fotógrafos nas redes sociais.


Palavras-chave


Redes Sociais; Persona; Marketing; Fotografia

Texto completo:

PDF

Referências


CERVO, Amado Luiz. Et al. Metodologia científica. 6ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2007.

COBRA, Marcos. Marketing Básico: uma perspectiva brasileira. São Paulo: Atlas, 2007.

COBRA, MARCOS – (1991) Administração estratégica do mercado. São Paulo: Atlas 1991.

E. Jerome McCarthy. Basic Marketing, A Managerial Approach, Richard D. Irwin, Inc., Homewood, Ill., 1960, seção F.

HAIR, J. F.; BABIN, B.; MONEY, A.H.; SAMUEL, P. Fundamentos métodos de pesquisa em administração. Porto Alegre: Bookman, 2005. (verificar se pode colocar no rodapé)

KOTLER, P.; ARMSTRONG, G. Princípios de Marketing. Rio de Janeiro: Prentice Hall do Brasil, 1993.

KOTLER, Philip; KELLER, Kelvin Lane. Administração de Marketing. 12.ed. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2006.

LAKATOS, E. M.; MARCONI, M. de A. Metodologia científica. 2. ed. São Paulo, Atlas S. A., 1991.

LAS CASAS, Alexandre Luzzi. Conceitos, Exercícios, Casos. 7ed. São Paulo: Atlas, 2005.

LAUTERBORN, Robert F. O novo paradigma do marketing: como obter resultados mensuráveis através do uso do database e das comunicações integradas do marketing. São Paulo: MakronBooks, 1994.

MARCONI. M. A.; LAKATOS, E. M. Técnicas de pesquisa. São Paulo: Atlas, 1999.

RECUERO, Raquel. A nova revolução: as redes são as mensagens. In: BRAMBILLA, Ana (Org.). Para entender as mídias sociais. 2011. Disponível em: http://paraentenderasmidiassociais.blogspot.com, acesso em 30/11/2016.

RICHERS, Raimar. 1926 - O que é marketing I Raimar Richers. — 15. ed. — São Paulo: Brasiliense, 1994. — (Coleção primeiros passos; 27)

SILVA, Polyana Inácio Rezende. Dinâmicas comunicacionais na vida cotidiana – Instagram: um modo de narrar sobre si, fotografar ou de olhar pra se ver. In: XVII CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO SUDESTE, 2012, Ouro Preto. Artigo Científico. Ouro Preto: Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação, 2012.

SOLOMON, Michael. O Comportamento do Consumidor: comprando, possuindo e sendo. 5ª. Edição. Porto Alegre: Bookman, 2002.

VAZ, Conrado Adolpho. Google marketing: o guia definitivo de marketing digital. 3. ed. São Paulo: Novatec, 2010.




DOI: https://doi.org/10.14295/idonline.v12i40.1045

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


A Id on Line (ISSN: 1981-1179) é indexada nas seguintes bases de dados: